Lisboa - Portugal


O inicio de nossa maravilhosa viagem foi no dia 12 de fevereiro de 2016 partindo da estação de Trem Chamartín em Madri. Chegamos com bastante antecedência, devolvemos o carro alugado lá mesmo, verificamos o horário do embarque e fomos comemorar o início de nossa segunda lua de mel tomando um chopp gelado e comendo um bocadilho, baguete com lula a dorê, ô coisa boa!!

O trem é noturno, compramos os ingressos ainda no Brasil pela internet no site www.raileurope.com.br mas a foto do site nos enganou, não havia cama, era uma classe bem econômica e um trem bem antigo, foi uma viagem longa, bem cansativa e desconfortável. Mas enfim, tem que encarar, afinal é por um bom motivo! Nove horas depois chegamos em Lisboa. Do aeroporto,  pegamos o metrô até nosso hotel. Saindo da estação, não acreditamos, o hotel ficava há apenas alguns metros da estação, foi perfeito!! 
Ficamos hospedados no Hotel Brownie Boutique Hotel http://www.hotelbrownsboutique.com, que por sinal era MARAVILHOSO!! E pasmem, a diária foi em torno de R$ 250,00. Este hotel 'é incrivelmente bem decorado, em cada quarto tem uma mini copa com fogão, lavadora de roupas, ferro a vapor, cafeteira Nespresso, enfim, foi perfeito e valeu muito a pena. O hotel localiza-se no bairro Baixa Chiado, a melhor localização para se hospedar, perto do centro e principais pontos turísticos.
Cooktop
Ferro a vapor


Frigobar




Suíte







Lava e seca





Computador da Apple!






Amenities


Secador de cabelos




Vista do quarto



Chegamos cedo no hotel, por volta das 8h e o check in só estaria aberto às 14h. Deixamos então as malas na recepção, tomamos café no hotel mesmo, por sinal delicioso, e partimos para desbravar a cidade. Como tínhamos somente o sábado e domingo, precisávamos conhecer os pontos turísticos de forma rápida e a pé seria inviável. Fomos até a Praça do Comércio, onde está localizado o Centro de Informação ao turista e lá decidimos pelo Yellow Bus, custou 25 euros por pessoa, mas valeu muuito a pena! Além de dar direito a conhecer 2 linhas do ônibus no sistema drop off Yellow Bus, conseguimos conhecer os principais pontos turísticos, o mesmo ticket vale para subir no Elevador de Santa Justa, além de transportes públicos, alguns museus e atrações. A volta para o aeroporto de Lisboa fomos com o ônibus de graça!

O ônibus de turista que pegamos começou o trajeto passando pelo centro de Lisboa e descemos  ponto turístico e foi até  o Padrão dos Descobrimentos, o ponto onde começou a rota para o descobrimento, lá descemos para conhecer e fazer algumas fotos.
Monumento do descobrimento



 Na seqüência,  fomos ate a Torre de Belém.




Torre de Belém

Descemos no mesmo ponto de partida e pegamos o bonde tradicional da cidade, que coisa linda!! Lisboa é realmente uma cidade encantadora!
Área interna do bonde, estava vazio!

Famosos prédios com revestimento de azuleijo




Sábado à noite, fomos jantar em um restaurante típico Português e claro, saborear o tradicional bacalhau. escolhemos através do Trip Advisor, o restaurante As Salgadeiras, aí esquecemos que não estamos no Brasil e fomos direto ao restaurante, sem fazer reserva. Esta lotado e quem nos atendeu, um garçom muito simpático, conseguiu uma mesa para nós! Ufa que alívio! Se não desse certo teríamos que escolher outro restaurante e pegar um taxi, pois estava chovendo e tínhamos ido a pé. Então, se for jantar ou almoçar em restaurantes na Europa, não deixem de fazer reserva!
Fomos a pé seguindo o Google Street





Pedimos o Bacalhau à Salgadeiras



 

Este restaurante foi realmente incrível! Uma experiência única de comer o verdadeiro bacalhau português regado a um bom vinho, de brinde ganhamos uma dose de vinho do Porto para degustar com a sobremesa. O prato de bacalhau, como este foi, se não me engano 21 euros. 

Voltamos caminhando, curtindo as ruas e becos de Lisboa ;-)



No dia seguinte, domingo, tomamos nosso café no hotel e seguimos para pegar o bonde (incluso no tícket do Yellow Bus), para conhecer o elevador de Lacerda e Castelo de São Jorge.

Topar com pastéis de Belém pelo caminho... ai q dureza!

Elevador de Santa Justa ou Lacerda
Elevador de Santa Justa

Hahaha um homem vestido de freira 

Vista do Elevador



Olha o Castelo de São Jorge!



Saindo do Elevador de Lacerda, subimos com o Elevador da Glória, para o Bairro Allto. Nossa intenção era conhecer o local e encontrar um restaurante para experimentarmos outro prático típico português: A sardinha assada. 

Elevador da Glória


Bairro alto






Portugal tem padarias com doces maravilhosos, escolhi um que vou voltar aqui depois que eu lembrar o nome, mas é feito a base de gema de ovo, é bem gostoso mas achei muito doce.


Este é o doce a base de ovo

Parece um quindim açucarado e mais duro




No bairro alto, encontramos o restaurante para experimentarmos a sardinha assada! 
Sei que não é todo mundo que gosta mas nós adoramos!!
O restaurante se chama Adega São Roque, quem nos indicou foi um senhor, dono de uma padaria que passamos em frente andando pelas ruas. Valeu muito a dica! Afinal queríamos mesmo um restaurante bem a cara de Portugal, tradicional e não um restaurante de turistas.

Entrada é esse queijinho fresco

Decoração do restaurante

Vinho na jarra

A famosa sardinha assada

Licor de Ginja, este foi indicado pela minha amiga Telma, delicioso

Pra quem quer saber quanto custa, aí vai a conta

Bom, depois de uma bela jarra de vinho, passamos em uma catedral, agradecemos, fizemos nossa oração e fomos para o hotel pegar as malas e partir para nosso próximo destino: Roma!
No ônibus em direção ao aeroporto conhecemos o outro lado de Portugal, o bairro central, mais novo, achei muito parecido com minha terra natal: Brasília!
Valeu Portugal, amamos conhece-la!! <3











Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veneza... ahh Venice

Praga - República Checa

Roma - Itália